Blog

5 Curiosidades Sobre a Origem da Laranja

18/04/2018

A origem da laranja está ligada a história da humanidade.  


  1. Tudo começou na Ásia

A origem das frutas do gênero Citrus está intimamente ligada com a história da humanidade. Sabemos que a maior parte dos frutos cítricos é originária na Índia e no sudeste do Himalaia. Lá ainda se encontram, ainda em estado silvestre, variedades de limeiras, cidreiras, limoeiros, pomeleiras, toranjeiras, laranjeiras amargas ou azedas, laranjeiras doces e de outros frutos ácidos aclimatados ou locais.

 

  1. Laranja no mercadinho só a partir do século 19

Alguns historiadores afirmam que os cítricos foram levados para o norte da África e para o sul da Europa, chegando às Américas em 1500. Mas foi somente na segunda metade do século 19 que a comercialização da laranja ganhou força, espalhando pelo mundo diversas variedades e mutações de citrinos decorrentes do cultivo via semente.

 

  1. Os chineses adocicaram e os portugueses levaram pra galera

A laranja que conhecemos atualmente era chamada de laranja doce. É um fruto híbrido que teria surgido na Antiguidade a partir do cruzamento da cimboa com a tangerina. Há menções de laranjas doces na literatura chinesa em 314 BC e é na China onde devem ter sido cultivadas originalmente. Atualmente, as laranjeiras de laranja doce são as árvores mais cultivadas no planeta e representam mais de 70% de todos os cítricos produzidos no mundo.

 

Os portugueses trouxeram as primeiras laranjas doces para a Europa no século XVI e é por isso que as laranjas doces são chamadas de “portuguesas” em vários países.

 

  1. Naturalmente, foram os franceses que fizeram a laranja brilhar

Foi na França que iniciou o cultivo de laranjas na Europa, onde também se adaptou seu nome original em sânscrito, nareng, (narrang em persa e naranja em árabe), para o moderno orange. É por isso que em algumas culturas passou-se a associar a cor da laranja com o oro (‘or significa ouro em francês).

 

  1. E o Brasil? Dominou tudo.

O Brasil é o maior produtor do mundo, seguido de China e Índia. O Brasil também é o maior exportador do mundo. São mais de 800 mil hectares plantados. Nós somos responsáveis por 50% de todas as exportações mundiais, sendo que exportamos mais de 97% do que produzimos. Basicamente, somos uma máquina de produzir laranjas de qualidade. E não é à toa. Temos o clima mais propício do planeta para o cultivo de cítricos e muitas outras frutas.

 

O Estado de São Paulo se destaca entre as regiões citricultoras, respondendo por mais de 55% da produção nacional de laranjas. Seu clima tropical e balanceado, solos ultra férteis e uma comunidade de produtores determinados são os principais fatores por trás dessa liderança mundial assumida por São Paulo.

 

Fazemos parte dessa história

As fazendas do Laranja Deli ficam próximas de Sorocaba e Capela do Alto no interior do Estado de São Paulo. Fazemos parte desse “cinturão da laranja” e temos muito orgulho disso. Produzimos há mais de 60 anos na região e desde o ano passado começamos a entregar nossa fruta diretamente ao consumidor final. Entregamos nossas frutas 24 horas após a colheita, no modelo chamado farm to table (da fazenda para a mesa). Assim conseguimos garantir o máximo de frescor e qualidade.

 

No nosso próximo post vamos falar do conceito de Brix, que é uma escala que mede a qualidade da laranja ao analisar a quantidade de açúcares, vitaminas e amino ácidos. A média da indústria é um Brix entre 7 e 8. Na nossa fazenda, somente ficamos satisfeitos com qualidade quando o nosso Brix atinge e ultrapassa o grau 11. Somos muito exigentes, assim como nossos clientes. A recompensa de receber um elogio de um cliente que diz “esse é o melhor suco de laranja que eu já tomei” ou “a sua laranja é incrivelmente doce” vale todo o esforço. 

Tenham um ótimo dia! Sigam a gente no Instagram e Facebook