Blog

A importância da Vitamina C para as Crianças

25/06/2019


Ok, nos primeiros seis meses de vida, a alimentação do seu filho não tem mistério: todas as suas necessidades nutricionais são supridas pelo leite materno. Mas, a partir daí, vem a introdução alimentar e todos os seus desafios para garantir um cardápio variado e saudável. E um dos nutrientes essenciais nessa fase é a Vitamina C.

Bastante requisitada pelo organismo, ela tem o papel de regenerar as células, sendo um poderoso antioxidante - o que quer dizer que a vitamina C neutraliza um processo natural de oxidação no organismo, evitando que provoque dano celular. Sem contar que a vitamina potencializa a absorção do ferro, mineral que funciona como um combustível para que a hemoglobina, célula do sangue, transporte o oxigênio pelo corpo.

Em relação à necessidade de ingestão diária, um bebê de 6 a 12 meses precisa de 50 mg de vitamina C por dia, quantidade que pode ser obtida por meio do leite materno. Já as crianças que têm entre 1 e 3 anos precisam de 15 mg da vitamina por dia e aquelas entre 4 e 8 anos devem receber cerca de 25 mg diariamente.

As frutas cítricas (como a laranja) e as vermelhas (como o morango) são algumas das melhores fontes de vitamina C. Apenas ¼ de uma goiaba possui 114,1 mg do nutriente e 4 gomos de laranja tem 42,90 mg. Outros alimentos, como tomate, acerola, brócolis e mamão formosa também são ricos nessa vitamina.



Mas não basta investir em alimentos que fornecem a vitamina C. É preciso tomar cuidado para conservá-los, porque o nutriente se perde na presença de oxigênio. “A vitamina oxida progressivamente, conforme fica exposta à luz e ao ar.” A melhor maneira de evitar que isso aconteça é guardar as frutas em local protegido do sol e conservar os sucos em embalagens escuras, dentro da geladeira, consumindo o mais rápido possível.

Vale lembrar também que as Laranjas possuem os Fitonutrientes, que possuem propriedades cicatrizantes, antioxidantes e anti-inflamatórias, e auxilia o sistema Imunológico, contribuindo para a manutenção da saúde como um todo.